quinta-feira, 13 de março de 2008



Vimos, pela primeira vez nesta viagem, o continente Africano. Estávamos a chegar a Zahara de los Atunes (onde estamos acampados) por uma estrada junto à costa, e eis que de repente lá o vemos, escondido na névoa, na linha do horizonte. Isto ao fim de um dia marcado por um novo recorde de quilómetros percorridos – nada mau.

Voltando um pouco atrás: acabámos por não sair à noite em Porto de Santa Maria. Ainda em Matalascañas, achávamos que ia levar dois dias a lá chegar... mas a travessia de 30km de praia – pela areia! – foi mais rápida do que pensávamos, e ao fim do dia já estávamos em Porto de Santa Maria. Sendo segunda-feira em época baixa, e porque o orçamento já levou cortes suficientes durante a semana que passou, acampámos à saída da cidade.

E depois... pedalámos. E pedalámos. A manhã inteira, e toda a tarde: pedalámos. Com uma vontade enorme de chegar depressa a Marrocos, esforço q.b. e uma paragem para ver uma bicicleta-limousine, fizémos... 91km!

6 comentários:

Yvette Carte-Blanche disse...

Boa!!! Força nessas pernas e nesse espírito!
Aproveitem Marrocos porque vale mesmo a pena! Que inveja a minha!!!!

kiss kiss*

(ah! foi a Liliana, a Cenoura, que me falou da vossa iniciativa e me mandou vir cá! Que obediente que eu sou eh eh eh)

Anónimo disse...

91 Km?! Boa! Parabéns! É só musculos:)
Beijo, Patrícia R,

Anónimo disse...

Eu sempre confiei em vocês! Eu sabia que sabem o que querem.
O objectivo é Dakar e não "atascar" por isso atenção às dunas e aproveitem os oásis... não apenas os do tipo "post card" e vão ser muitos. Agora é saborear e pedalar, devagar, devagar... até Dakar!

Ass: 5 olhinhos

Anónimo disse...

Nao sei como planeiam fazer isso mas aconselho a irem ate algeciras se n houver barco de tarifa para ceuta . indo para ceuta tem tempo para se ambientar a uma realidade completamente diferente - se sairem em tanger vao se passar , ha mta gente e mta manha .Descer marrocos pela costa é mais longe mas a estrada é razoavel e as manhas sao menos . o marroquino é mt chato manhoso mas hospitaleiro e amigo do amigo pois entao n deixem de resolver tudo com um sorriso . dakar nunca estive mas conheço até a mauritania de carro e é alucinante . vao vir diferentes acreditem .
abraço e boa sorte
NeHarawa

jorgetwin disse...

Ok, expliquem lá como atravessaram o Guadalquivir, sempre vos imaginei a terem de passar por Sevilha, assim sendo fica o mistério da travessia do rio até a margem do lado de Porto de Santa Maria.

Jorge e Carlos disse...

Para atravessar o Guadalquivir, tivémos de fazer 30km pela areia, desde Matalascañas. Aproveitámos a maré baixa e conseguimos fazer tudo em 3 horas. Ao fim da praia, quando se chega ao rio, há um "mini-ferry". Arranjaram-nos o telefone dele, caso fosse preciso, mas a verdade é que bastou-nos esperar dez minutos e ele apareceu. Assim cruzámos o rio para Sanlucar de Barrameda. Essa parte da aventura vai aparecer no vídeo da próxima semana. Abraço!