quarta-feira, 25 de junho de 2008

FAQ

Há 2 assuntos que tem levantado algumas questões, pelo que passamos a esclarecer:

Reparei que, na última actualização do contador dos euros, o montante diminuiu. Foi gralha? O que aconteceu?

A última actualização do dinheiro gasto pode fazer alguma confusão – pelo que passamos a explicar como é que, de repente, estamos outra vez um pouco mais longe dos 1000 euros. Não é novidade: vendemos as bicicletas. Não foi uma decisão fácil, mas o facto de estarmos outra vez mais “desafogados” justifica-a. A Etoille Lusitana ofereceu 150 euros por cada bicicleta (extras incluídos) e assim se explica a diferença de valores. Quando chegámos a Dakar, tínhamos gasto cerca de 900 euros cada um, incluindo os preparativos antes da partida. Ao transformarmos esse investimento inicial outra vez em dinheiro, os 100 euros que ainda tínhamos passaram a 250 – e o regresso a Portugal, que se adivinhava complicado dentro do budget, já não nos assusta.

Além disso, o apoio incansável da ICAR, o sr. Khaled, o Mohammedou e o José Fachada fez com que a segunda passagem na Mauritânia acontecesse quase sem gastos. Todos os transportes, refeições e estadia foram-nos oferecidos – e chegámos a Nouadhibou sem ter de trocar dinheiro. Agora estamos em casa do Djalló... e com o dinheiro que ainda temos, os últimos dias em Marrocos prometem! Com sorte, chegamos a Lisboa e ainda sobra.

Há algum tempo fizeram a contabilidade das dormidas. Seria possível repetir a brincadeira?

A semana passada completámos 4 meses em viagem – e até queríamos fazer a tal contabilidade de noites. Adiámo-la para o regresso... mas visto que há interessados, aqui vai:

Noites passadas...
Em casas de pessoas: 35
Em pensões: 30
Nas tendas: 27 (20 noites em campismo selvagem)
Em business: 21 (Tarfaya e Layounne)
Em andamento: 05 (1 no autocarro Rabat – Agadir, 2 no Maior Comboio do Mundo, 2 no Camião Mais Lento do Sahara)

Ou seja, um total de 81 noites à borla e 37 a pagar.

7 comentários:

Anónimo disse...

Muito bem!
Mas agora venham rápido que o pessoal quere-vos é cá.
Bora lá depressa que isto está a perder o ritmo.

Sónia disse...

Nada de vir com pressas!! Contem é mais aventuras ;)

Continuo à espera do livro!!!

Boa viagem :)

Gisela disse...

....E assim eles foram com 1000€ até Dakar.
Parece tão simples.... Voces são realmente um EXEMPLO.
Agora toca a vir depressa que com essa facilidade em arranjar borlas essa viagem nunca mais termina. lol
Mil beijinhos
Vibraçoes++++++++ e muitas saudades

Anónimo disse...

Um livro para que? sinceramente esta gente nao deve ter mais nada que fazer na vida, do que ler as ferias dos outros.
Sonia se quizeres conto-te umas ferias que tive na romenia, numa cabana com 3 prostitutas. Foi demais.se quizeres tambem posso mostrar fotografias.

ass: o emplastro do tenente reformado.

Anónimo disse...

Já ninguem tem pachorra para ti.
Vê lá que estás aí há um dia e nem se dão ao trabalho de censurar as anormalidades que dizes.
Metes dó pois nem consegues chamar à atenção pela negativa.
Não és um emplastro és um desperdício.

Joca Moreno disse...

go on!!!

Ganhar Dinheiro disse...

muito bom este blog