segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Semi-finalistas!



"And the Blog Award goes to..."

Ainda não se conhecem os vencedores desta primeira edição dos Blog Awards... mas podemos confirmar que estamos entre os cinco semi-finalistas da nossa categoria. Ou seja, mesmo que este blog não ganhe nada, pelo menos vamos estar entre aqueles que vêm a seguir a frases do tipo "And the nominees are..."

Obrigado a todos pelo voto, conseguimos chegar à segunda fase! A partir de agora, é fazer figas! E enquanto não se conhecem os resultados, estejam atentos ao blog porque ainda há muitas surpresas.

17 comentários:

Anónimo disse...

Muitos parabéns! Mais uma vitória, só mais uma entre outras que aí vêm! Se não ganharem este prémio, é uma injustiça que se comete.

Abraço João

EU disse...

99.000!

Fui EU, logo à primeira tentativa, nem queria acreditar. Vinha só ver as novidades e nem foi preciso fazer refresh duas ou três vezes, com antes.

Ahahahahah
EU fui o 99mil.

falta pouco para a grande batalha! Por onde andam os outros???

Anónimo disse...

É enternetimento ou entretenimento?

Se calhar sou eu que estou errado, vou confirmar no google. Mas quase que jurava que era entretenimento.

Anónimo disse...

Pois

entretenimento tem 20.400.000 entradas no google

entertenimento tem apenas 102.000

Senhores da super bock ou de quem faz o blogue da super bock, tenham atenção!

Anónimo disse...

Segundo o dicionario de português de Candido de Figueiredo só consta entretenimento, entertenimento não existe sequer.
Será um termo abrazileirado?

tenente reformado disse...

Rapazes!
Como militar, admiro a vossa coragem, disciplina e rigor.
Como vinicultor pressinto que a vossa colheita só pode ser excelente.
As castas ( vocês )são do melhor, o tempo tem ajudado e o terreno (99.000 !) é de primeira qualidade.
Vão ganhar o prémio!
Abraços

Anónimo disse...

Nunca vi um tenente tão inteligente.
Um vinicultor tão sabedor
Um homem tão ponderado
Um velho tão engraçado.

Para lhe mostrar o meu agrado
Dedico-lhe estes versos de pé quebrado,
Que quem sabe, dariam um fado
O fado do ilustre Tenente reformado. João

Anónimo disse...

Ah fadista!!!

Anónimo disse...

Teve muita graça joão.
podias tambem fazer uns versos ao pessoal da proxima paragem. Rita

Tiago disse...

Rapazes isto promete...quase 100000 views, quase vencedores do blogs awards e até já têm direito a rimas, quadras com direito a tenentes lá pelo meio...LOL

Pessoal, mais uma vez os meus parabéns...na minha opinião a vossa aventura faz com que o blog mereça ser galardoado, aguardemos para ver.

Um grande abraço...

Como diria uma amiga minha que se encontra por Moçambique: "Tamos Juntos" (expressão local)

TMA
http://westerneutour.blogs.sapo.pt

Anónimo disse...

Se me pedem mais versos aqui vão sem muito esforço
Vocês são uma inspiração
E é por vocês que eu torço.

De bicicleta no deserto
ou a trabalhar em Lisboa
Vocês são os maiores
E estão sempre numa boa.

Vamos cantar todos em coro e em várias partes do mundo.
Vivá Proxima Paragem
Com entusiasmo profundo.João

Jorge e Carlos disse...

Rita... mas quem é "o pessoal da próxima paragem"?

Se quiseres envia-nos um mail para...

proximaparagem@gmail.com

Será coincidência ou estavas a falar de nós?

Jorge e Carlos disse...

ok... éramos nós... e agora até estamos corados...

Anónimo disse...

Jorge e Carlos vi o nome proxima paragem nos contactos do blog.
João os versos foram rapidos e muito inspirados. parabéns Rita

Jorge disse...

Grande poeta! Só é pena não teres partilhado esse dom mais cedo, tinha sido engraçado alguém acompanhar o relato com uma inspiração como a tua, João.

Mas lá diz o povo (e bem): mais vale tarde que nunca.

Espero poder contar contigo no próximo projecto! ;)

Anónimo disse...

Não tenho o engenho e a arte do Camões
Mas podem contar comigo,
Para os vossos feitos cantar para as multidões. João

Anónimo disse...

Estive agora no site da super bock e eles já corrigiram o erro. Fizeram o acertado, a bem da nossa língua e da credibilidade da iniciativa.

Não sei se estavam atentos a este blog ou se por outros meios se aperceberam do erro, mas de qualquer maneira, mais vale tarde que nunca.