terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Um dia em cheio!

"Boa tarde... nós estamos a fazer uma viagem por Portugal, de bicicleta... hoje saímos de Castro Daire e viemos a descer toda a tarde... e de repente passámos aqui na estrada e vimos a fábrica, não conseguimos resistir a vir cravar-vos um copo... sabe... para celebrar este dia em cheio!"

Foi esta a nossa abordagem à porta das caves dos Espumantes Raposeira, em Lamego. Cinco minutos depois, estávamos a beber de uma flute e a trocar histórias com um senhor muito simpático, que ainda nos levou a ver as caves.

Foi, sem dúvida, um dia em cheio. Começou bem, com muito azul no céu, entre nuvens carregadas de branco. Saímos cedo do quartel dos Bombeiros e subimos a serra, com neve à vista, mas nunca à distância de um braço.

E quando começámos a descer, não parámos mais. 16km até Lamego, e mais uns 12 até à Régua. Que dia! Paisagens lindas, um frio de rachar, muitos riachos a compôr a paisagem. Houve até tempo para o Carlos ter dois furos!

Chegámos à Régua e não resistimos: em vez de ficarmos lá e amanhã pedalarmos para Vila Real, enfiámo-nos num pequeno comboio para o Pinhão - onde estamos - e amanhã descemos junto ao rio Douro, outra vez até à Régua. Vale o passeio, e o mais provável é depois irmos noutro comboio para Vila Real, onde temos a apresentação do livro, às 18:00.

Aqui no Pinhão, jantámos num restaurante onde trabalhava um senhor que conheceu mundo-e-meio, a trabalhar em cruzeiros. Ofereceu-nos vários copos de tinto generoso, pelo que viemos aqui para a praia fluvial já meio "aos esses". O Carlos furou mais um pneu, igualando assim a soma da Mikelina e da Penélope até Dakar! E já estávamos instalados quando aparece o Miguel, um bon vivant cheio de histórias fixes, e que no fim ainda nos ofereceu uma garrafa de Porto branco a cada um.

E esta é uma versão muito reduzida do dia de hoje, a possível porque a bateria do computador não dá para mais.

Um dia verdadeiramente em cheio!

4 comentários:

familia Palma disse...

acho que vale mesmo a pena estarmos à espera de notícias da vossa parte, à sempre mais e mais.

obrigado pela partilha...boa apresentação em Vila Real.

bjs e abc

Cátia disse...

Ui , viva o vinho por esses lados ... Ah , e claro , os furos dos pneus xD **
Sim , relamente as paisagens devem ser belas .
E a vossa abordagem ao senhor simpatico da fabrica foi engracada , só podia ! Quem diz a verdade nao merece castigo :P

Beijinhos e boa continuação ** (=

Alexandre disse...

Continuação de boa viagem.. Essa zona do Douro é muito fixe.. Podem apanhar um dos barcos que descem o rio e ter uma perspectiva muito simpatica das encostas onde se faz o vinho do Porto.
Brinde..

Filipe disse...

Olá rapazes! Estou a ler o vosso livro e é só rir. Já conhecia o blog, apesar de não ser leitor frequente. Mas passava cá de vez em quando. De qualquer forma, queria dar-vos os parabéns pela aventura e pela forma excelente como a partilharam, seja no blog como no livro. Estou agora no capítulo do território berbere, e a cada página parece que melhora. Boas pedaladas!