sábado, 26 de abril de 2008

Já temos computador

Computador, apartamento, emprego e até mulher-a-dias para arrumar e fazer almoço. Confusos? Também nós, quando fomos à procura do Sr. António, curiosos porque achávamos ser um português a viver em Tarfaya. Demos de caras com um espanhol das Canárias, nos seus sessentas, uma espécie de Sousa Sintra cá do sítio, cheio de ideias, projectos e investimentos. Com as finanças a apertar e o computador em intermináveis convalescenças, acabámos por lhe propôr uma permuta: um blog e algumas marketices a troco de um T2 – as mordomias foram ideia dele. Diga-se: uma boa ideia.

Tarfaya – um lugar meio-perdido entre o deserto e o mar, onde em tempos viveu Antoine de Saint-Exupery – já bateu o nosso recorde de permanência. E parece que estamos para ficar: é que além dos novos compromissos profissionais, temos todo o trabalho da semana em atraso. O computador ainda não está a 100%, acreditamos sinceramente que nos vai dar mais umas poucas chatices, mas com alguma ginástica vai lá.

Mais uma vez, um passo-atrás transformou-se num passo-ao-lado. Quando o computador crashou, subimos paredes, quase atirámos tudo ao mar, gritámos mais alto que o chamamento da mesquita; mas passados uns dias, e ainda sem grandes razões para festejar em termos de equipamento, já arranjámos um grupo de amigos que é de chorar a rir, acampámos numa cabana de pescadores numa suposta pescaria que de peixe não teve nada, conhecemos o Sr. António, temos trabalho e boas perspectivas para novas aventuras.

Encalhados no Sahara Ocidental… sem custos? Nada mau! A Mauritânia terá de esperar mais uns dias.

Quanto ao video novo, está pronto... mas o "novo" computador tem "tiques" que nos surpreendem constantemente - por isso ainda estamos às voltas com a conversão de formatos, etc. Deve estar disponivel hoje ao fim da tarde. E enquanto o Mohammed tenta resolver mais umas coisas do Premiere, vamos tirar meia-hora e dar uma vista de olhos aos videos antigos. Não sei se é do calor do Sahara ou de estarmos há tanto tempo em Tarfaya, mas hoje acordámos com uma nostalgia enorme de todas as aventuras vividas nos primeiros 2 meses. E já deu para lembrar muita coisa, porque acordámos às 5 da manhã, para ir filmar a largada de 6 mil pombos-correio, que iam fazer uma espécie de corrida até às Canárias... mas o evento foi adiado por motivos climatéricos.

9 comentários:

Anónimo disse...

vivó luxo!!!!!
fazem bem, agora é a altura certa para estas coisas, dpois na mauritania e senegal vai ser outra vez a doer. mas cuidado para n engordarem! :)

Pmp disse...

No Senegal, onde penso q sera dificil chegar dada a limitação dos €€€, irão ter um surpresa pois é um pais desenvolvido para o standard africano. Não fica nada atrás de Marrocos, pelo contrário. Tenho pena pois penso q n s iriam arrepender.

Cont. d boa sorte e saude

Pmp

Anónimo disse...

Voces sao realmente o FIM DA PICADA!!!!!!!Nada vos trava...

a curiosa

Anónimo disse...

O Sr. António ?
Ou o Santo António ?
Continuação de boa viagem. bjs A.L.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...

Olá!
Essa de terem arranjado trabalho no Saara Ocidental foi de mestre.
Até agora era Até onde vais com mil euros quando as coisas correm bem e depois como ultrapassar os obstáculos quando tudo está a correr mal. Parabéns.Luna e as amigas

Anónimo disse...

Tudo a correr mal....os Portugueses sao demais!Mal seria se
nao ultrapasassem os osbtaculos para vecerem os seus objectivos.

Deixam-se de comentarios que nao levam a nada...

madrinha

Anónimo disse...

Sim Sim. O sr António. Lembram-se de vos ter falado nele no mail? Esse T2 foi o melhor alojamento que tivemos até Bissau. Em Tarfaya, quem podia imaginar?
Força aí!
LM

Próxima Paragem disse...

Claro que lembramos! Depois de ler o teu mail ficamos com a sensacao que era portugues, e foi por isso que andamos a procura dele - era uma potencial historia para contar. Nao era portugues, mas é agora o nosso boss : ) Obrigado pela dica abc