quinta-feira, 26 de março de 2009

Até onde vais com 15 cêntimos?



O Keiichi saiu do Japão com apenas 15 cêntimos no bolso e está a viajar à volta do mundo, de bicicleta... há mais de 6 anos! Passou em Lisboa esta semana, foi entrevistado por alguns jornais, e assim que tivemos conhecimento desta aventura, entrámos logo em contacto com ele. Imaginem a quantidade de histórias que este japonês de 36 anos tem para contar!

E como é que se sustenta? Basicamente, parando uns dias em cada cidade e fazendo truques de magia. Isso mesmo - magia. Hoje ao almoço fez-nos algumas demonstrações, e impressionou. E contou-nos algumas das peripécias que mais o marcaram nestes 6 longos anos (que ele diz que passaram a correr):

- subiu ao monte Everest (mesmo ao cume!, depois de 6 meses a treinar no Nepal, onde conheceu o João Garcia);

- desceu o Ganges num pequeno barco (comprado com mais 5 japoneses, numa aventura de pouco mais de um mês);

- fez uma parte do Mar Cáspio de barco, pela costa iraniana (diz que foi o país onde foi melhor recebido).


Ataques de cães, algumas quedas, muito desenrascanço, hospitalidade muçulmana, um ou outro roubo, encontros e desencontros... o Kei vai ter muito que contar aos netos, ou quando finalmente escrever o seu livro, quando acabar esta epopeia - daqui a uns cinco anos.

Agora vai seguir em direcção ao Porto. Passa por Santarém, Fátima, Coimbra... se alguém quiser mostrar-lhe como os portugueses sabem receber de braços abertos, fica aqui o site e o e-mail. Ele é uma inspiração, será que alguém se "atreve" a seguir-lhe os passos - ou melhor, as pedaladas?

http://www.feel-the-earth.com/

quei80@hotmail.com


11 comentários:

Aubigné disse...

Boa tarde rapazes,

Antes demais é um prazer receber novas vossas, andavam afastados hãn!

É com pena que não consegui ter o vosso autógrafo no meu livro, livro que aliás está óptimo! Parabéns! Já seguiu, encontra-se nas mãos de outro, para ser mais preciso de outra...

Quanto ao Lince Ibérico, Parabéns, a ele pela sua capacidade de reprodução e ao Campo de Donãna pelo esforço e empenho envolvido na sua preservação e manutenção.

Quanto a vocês, acho que os vossos cento e cinquenta e tal mil leitores querem saber que aventuras estão para vir!

Quanto ao Keiichi tenho uma história engraçada para vos contar, numa das minhas primeiras incursões de bicicleta pela cidade, míope como sou - aliás partilho esta particularidade com o Jorge - vejo ao longe, mais precisamente no Marquês de Pombal, em Lisboa, dois tipos com bicicletas, com aquilo que julguei serem tralhas para vender. Aproximei-me...e...surpresa...

Era o Keiichi, infelizmente não aprofundei muito a viagem que ele vem fazendo, dado que este se fazia acompanhar de alguém que não se apercebeu que o tinha interrompido na sua trajectória.

Fiquei a saber que era o Keiichi pelo Didier e agora constato, mais uma vez, com vocês. Grande Abraço hajam coincidências ou não!

Vejam em: http://pedalarparaalem.blogspot.com/2009/03/im-japonese.html

TMA
http://pedalarparaalem.blogspot.com

Bocão disse...

É incrível que sempre que pensamos que estamos a fazer algo extraordinário aparece alguém para nos provar que podemos conseguir ainda mais e a incentivar um desafio interno.

A vossa aventura é incrível e não fica ofuscada por nenhuma outra, pois essa é vossa.

(Aposto que agora que vêem 15cent. os vossos 1 000€ parece uma fortuna :D)

Boa viagem!!

Carlos disse...

É isso mesmo Bocão, às vezes bastam quatro dias diferentes, no sitio certo, na altura certa, para mudar as nossas vidas para sempre. O que é preciso é combater a inércia :)
Mas este japonês é especial! Há freaks que viajam anos a fio, e acumulam um ligeiro ar de freak, mas o Keishi não - trato simples e polido, pés assentes na terra, agradecido com a vida e um sorriso a transbordar felicidade. É daqueles filmes que sais do cinema e te fica na cabeça! Se alguém tiver a oportunidade de se cruzar com ele, aproveite :)

Joana Afonso disse...

Olá rapazes!

Lembram-se do Mexicano que vos falei, que recebi em minha casa, e que andava a dar a volta ao mundo há já 4 anos e continuaria por mais 4... ele também se referia ao Irão com a mesma deferência... na altura fiquei surpreendida... mas parece que a opinião é unânime!!!

Espero que esteja tudo bem convosco!

Beijinhos do Porto!

Joana

Bocão disse...

Já acompanho a vossa viagem a algum tempo, um misto de inveja e incentivo. A minha vai começar em muito pouco tempo...
Continuem a superar-vos.

Anónimo disse...

Meninos, hije no metro encontrei uma miuda toda gira com o vosso livro na mão! :)

Jorge disse...

É natural, o nosso livro tem esse efeito nas pessoas... quem o lê, fica imediatamente mais giro. E mais inteligente. Está provado cientificamente. ;)

Teresa disse...

LOOL Jorge!!!

Sem dúvida que era uma excelente campanha de Marketing!!! =)

Troca Letras disse...

Ele deveria escrever para um jornal ou coisa assim para viajar

Zézé Mondragão disse...

vi este rapaz em Salamanca-Spain há 2 semanas...seria ele?

Pedro disse...

conheci-o na Criticona em Madrid
Muito simpatico sem duvida, e cheio de historias para contar.

E falei-lhes nos "rapazes dos 1000 euros" e percebeu logo quem eram :P